topoIdeiasEmJogo150915

Como todos sabem no último dia 11/09 foi lançado o novo jogo da Nintendo, o Super Mario Maker, onde neste jogo, é possível você montar sua própria versão do jogo usando itens já existentes nos clássicos jogos do famoso encanador. O game usa elementos dos jogos Super Mário Bros (isso mesmo, o clássico original), Super Mário 3, Super Mário Word e podendo usar até do mais recente New Super Mário Bros U.

Com um menu fácil e intuitivo, o editor permite que os jogadores misturem elementos dos jogos em qualquer cenário. Com muita liberdade, é possível montar plataformas, colocar personagens em cima de outros inimigos, plataformas no céu ou espalhar labaredas de fogo por todas as partes. A grande sacada do jogo é exatamente deixar a imaginação dos jogadores fluir e criarem inúmeras versões do jogo. É nisso que podemos notar o conceito de Level Design.

Uma das grandes preocupações hoje, para quem desenvolve jogos, é o fator diversão, e podemos dizer que um bom Level Design pode ajudar e muito no sucesso de um jogo. Para entender isso vamos ver mais sobre essse assunto. O Level Design, ou podemos chamar de Concepção de Nivel, ou dificuldade de um jogo, permite aos desenvolvedores conceber as fases e cenários, usando os conceitos de mecânica, integração de personagens com o cenário, texturas, som, modelos 3d, etc. Ou seja, proporcionar com os componentes que fazem parte do jogo a melhor experiência possível para o jogador e assim provocar o envolvimento deste com o jogo. A observação pode ser citada como uma característica muito relevante para os profissionais denominados Level Designers, permitindo que estes usem de várias referências a base para os elementos que farão parte de seu repertório.

Level Designer é o profissional que projeta e desenvolve as fases e cenários do jogo, utilizando o trabalho de todos os outros envolvidos no processo de desenvolvimento (sons, modelos 3D, texturas, mecânicas, etc.), para traduzir em forma de jogo a experiência projetada pelo Game Designer. Podemos notar 2 tipos de profissionais que podem atuar na área de Level Designer, o Level Art, como o pintor que seria o responsável pela composição estética dos cenários, composição de cores, modelos e o músico com atenção as trilhas sonoras, sons e efeitos para envolver o jogador. E ainda um profissional mais focado em ciências que possa utilizar conceitos da psicologia, biologia, antropologia, sociologia entre outros como base para criar ambientes mais

O Level Designer pode ser considerado um artista e um cientista, pois ambos são observadores. A observação é a característica mais importante de um Level Designer, pois é daí que ele retira seu repertório principal de referências para o seu trabalho.  Como artista, ele trabalha com o Level Art, que nada mais é que a composição estética do cenário. Como um pintor, ele deve se preocupar com a composição, contraste e combinação de cores e das silhuetas dos modelos. Como músico, deve estar atento à trilha sonora e aos sons de efeitos, e como esses sons se mesclam entre si. Enquanto o cientista, logicamente, o Level Designer neste papel não precisa ser expert em nenhuma ciência aplicada específica, mas ele pode extrair conhecimentos muito uteis delas. Pode-se utilizar conceitos, mesmo que básicos, de astronomia, geologia, biologia, antropologia, sociologia e ate mesmo da psicologia, entre várias outras ciências, para usar como base para criar ambientes muito mais reais e com um apelo muito maior e mais coeso para o jogador.

Esse é o papel do Level Designer: Unir Ciência e Arte em um ambiente coeso e divertido.

sm_art_devmap

Mapa do jogo Super Metroid (SNES). Fonte: jansenprice.com.

E onde entra o Super Mário Maker nessa história? Bem, o novo jogo da Nintendo permite aos jogadores criarem seus próprios níveis de jogo e com isso começarem a exercitar  os conceitos aplicados de Level Design na concepção de inclusão de obstáculos, montagem de cenários, colocação de personagens e etc. Com certeza mais uma grande sacada da Nintendo que vale a pena ser conferida por quem quer aprender os conceitos de desenvolvimento de jogos. Vejam na imagem a seguir um dos conceitos de Level Design do jogo Super Mário 3, exibidos na E3 deste ano no anúncio do jogo.

MaRIOLEVEL

Imagem da época da produção do jogo Super Mário 3 para Nintendo 8 bits

Claro que hoje em dia temos muitas ferramentas para a concepção de Level Design (desenvolvedores vejam esse link) e a própria Nintendo deve ter sua ferramenta, mas essa e outras imagens mostram a inspiração dos criadores do encanador mais famoso dos games e que na concepção deste jogo deixaram muitos ensinamentos e referências notadas em muitos jogos até hoje como:
– A primeira fase ou momento de uma fase servir como um breve tutorial prático do jogo, aplicando boa parte dos movimentos e ações que o personagem irá ter no decorrer de todo o jogo, conhecido como CONVEYANCE – condução, transmissão. Ou seja, a forma que o jogo ensina ao jogador como jogar (desde controles básicos até mecânicas mais complexas);
– A evolução das mecânicas e a dificuldade de componentes do jogo ao avançar de nível como visto no jogo Super Mário 3d World e alguns conceitos aplicados de Koichi Hayashida para isso – Hayashida trabalhou em vários jogos da série Mario e é co-diretor de Super Mario 3D World (WiiU). Ele desenvolveu uma filosofia de level design, que permite apresentar ao jogador novas mecânicas em 4 partes. Em poucos minutos uma mecânica pode ser ensinada com sucesso, desenvolvida, revirada e descartada.
-Buscar contar a história com o uso dos ambientes do jogo,  pense em como fazer o encaixe de uma fase com as outras (quais mecânicas o jogador já aprendeu), em que parte da história ele está, etc.

Ainda há muita coisa para se falar sobre este assunto, mas uma ótima referência é o site www.worldofleveldesign.com que conta com bons materiais e links de referência para o assunto bem como uma série de livros e tutoriais sobre a temática.

E ainda falando sobre o jogo Super Mário Maker, aproveite o momento do lançamento do jogo e veja também o site da Nintendo do Japão, que disponibilizou o livreto como um PDF, aberto para download, mesmo que  você compre ou não o jogo Super Mario Maker,  e vendo a questão dos preços, pegar a edição digital e conferir este livreto pode pegar dicas para criar bons estágios.

That´s all folks! Até o próximo Ideias em Jogo.

Autor: Izequiel Norões

Referências: 
http://www.tecmundo.com.br/video-game-e-jogos/1277-o-que-e-level-design-.htm
http://code.tutsplus.com/articles/effectively-organize-your-games-development-with-a-game-design-document–active-10140
http://www.significant-bits.com/super-mario-bros-3-level-design-lessons
http://www.businessinsider.com/super-mario-game-level-design-drawings-yoshi-koji-kondo-2015-6
http://www.fabricadejogos.net/posts/artigo-level-design-envolvendo-os-jogadores-no-mundo-virtual-dos-games/
http://www.tecmundo.com.br/video-game-e-jogos/1277-o-que-e-level-design-.htm
http://overloadr.com.br/noticias/2015/09/shigeru-miyamoto-explica-as-decisoes-de-design-por-tras-da-fase-1-1-de-super-mario-bros/
https://mbg3dmind.wordpress.com/2015/06/01/level-design-parte-1/
http://www.1up.com/features/learning-level-design-mario
http://gdcvault.com/play/1305/Everything-I-Learned-About-Level
http://www.worldofleveldesign.com/categories/level_design_tutorials/recommended-level-design-editors.php
http://code.tutsplus.com/articles/effectively-organize-your-games-development-with-a-game-design-document–active-10140
https://mbg3dmind.wordpress.com/2015/06/05/o-kishotenketsu-de-koichi-hayashida-level-design-parte-3/#more-2166
http://overloadr.com.br/noticias/2015/09/voce-pode-baixar-o-livreto-de-super-mario-maker-que-contem-ideias-de-como-criar-fases/
http://www.nintendo.co.jp/wiiu/amaj/booklet/SuperMarioMakerBooklet.pdf