areaindie

A produção nacional de jogos tem crescido nos últimos anos e a presença cada vez maior em eventos e feiras dos jogos produzidos no Brasil tem sido cada vez mais notada e presença praticamente obrigatória em eventos relacionados a jogos. No Brasil Game Show este ano não foi diferente com uma área para os mais de 100 stands das empresas produtoras e o Indie Meeting 2016.
Pelo segundo ano consecutivo, os estúdios independentes poderão participar do *Indie Meeting*, área onde cada expositor indie terá a oportunidade de fazer uma apresentação de seus projetos para o público. Assim, o Pavilhão Indie da BGS se firma como o ponto de encontro de um mercado plenamente aquecido.

A área indie colocou 108 estandes disponíveis, mostrando a força desse mercado e o foco da BGS em fomentar a indústria de games no Brasil. Entre os jogos apresentados estão ‘Holo Drive’ (PC), do estúdio BitCake, ‘Dino Lost’ (PC), do Supernova Game Studio (empresa cearense), ‘Tiny Little Bastards’ (PC, Xbox One e PS4), do Overlord, ‘Lampião Verde – A Maldição da Botija’ (PC e Mobile), do Nars Vera,Black Iris (PC), do Hexa Game Studio, ‘KriaturaZ’ (Mobile), do Messier, ‘Homo Evolutis’ (PC), do Poking Life Studio, ‘Super Button Soccer’ (PC), do Smyowl, uma continuação de Lupy Quest (Mobile), do Too Nerd to Die e A Treta dos Irmãos Piologo (Mobile), da 2Dverse.

Jogos destaque. Games indies brasileiros chamaram atenção na BGS 2016 (Foto: G1)

Indie Meeting um espaço diferenciado para apresentar as empresas e propostas
IMG_20151011_152345383-971x649

Pelo segundo ano, os estúdios independentes participaram do Indie Meeting, na BGS 2016. Esta área é um espaço com plateia onde cada expositor indie realizou uma apresentação de seus projetos ao público. “Dessa maneira, o Pavilhão Indie da BGS se firma como o ponto de encontro de um mercado plenamente aquecido, o que ressalta nosso compromisso em apoiar iniciativas com grande potencial e, principalmente, levá-las ao conhecimento do grande público”, analisa Marcelo Tavares, idealizador e CEO da BGS.

O destaque para a GAME JAM

GameJamA Rede Globo, com a proposta de promover sua nova série Supermax, que retrata um presídio de segurança máxima aparentemente assombrado, montou um estande na BGS 2016 como parte do Brasil Game Jam, onde 10 equipes ficaram “presas” desde o primeiro dia da feira. Foram 48h para cada equipe desenvolver um game temático da série voltado para dispositivos móveis, e os jogos poderão ser testados pelos participantes da feria no domingo. (Em breve divulgaremos o resultado aqui).