Equipe do Steam Deck comenta sobre possíveis problemas de drift do analógico.

Equipe do Steam Deck comenta sobre possíveis problemas de drift do analógico.

julho 21, 2021 0 Por Othon Norões

Foto: Valve

De que maneira muitos (muitos mesmo!) nintendistas já sabem, o drift dos analógicos do Joy-Con é um problema real. 

Com tamanha intensidade que tem afetado também usuários do Nintendo Switch Lite, e até controles de outras empresas como Sony e Microsoft, mesmo que em bem menos escala. 

Em que momento a Valve anunciou há alguns dias o seu próprio console portátil, o Steam Deck, os questionamentos sobre a duração dos analógicos logo surgiu na cabeça do público gamer, afinal, diversamente dos Joy-Con, os controles do Steam Deck não são naturalmente substituíveis.

Logo que recente entrevista com a IGN, no nada obstante, o engenheiro Yazan Aldehayyat e o designer John Ikeda que foram parte da equipe de produção do console portátil passaram perguntados sobre o tal problema de drift e eles responderam:

Fizemos muitos testes de confiabilidade, em todas as frentes, na verdade – e todas as entradas e diferentes fatores ambientais e todo esse tipo de coisa. Acho que sentimos que isso funcionará muito bem. E acho que as pessoas ficarão super felizes com isso. Acho que vai ser uma ótima compra. Quero dizer, obviamente, todas as partes falharão em algum ponto [da vida do console], mas achamos que as pessoas ficarão muito satisfeitas e felizes com isso.

Yazan Aldehayyat

Escolhemos propositalmente algo cujo desempenho conhecíamos, certo? Não queríamos arriscar com isso, certo? Tenho certeza de que nossos clientes também não querem que corramos o risco disso.

John Ikeda