72716554_1341198329381572_2981649760982663168_n

Foto: Google/Reprodução

O Google Stadia foi apresentado em março durante o evento Made by Google como um serviço de jogos por streaming.

Mas como funciona isso? É possível jogar com uma velocidade baixa de internet? E o custo? E quanto aos jogos?

Vamos confirmar tudo isso:

Como funciona o Stadia?

stadia-1

Foto: Google/Reprodução

O Stadia pode ser jogador em uma TV, pelo PC, tablet e pelos smartphones Pixel do Google (partindo pelo Pixel 3A, informado há pouco). Não será preciso baixar e nem acrescentar o jogo, muito menos fazer download de patches. Basta segurar o controle ou o teclado e começar a jogar.

Parece absurdo, mas é assim mesmo que funciona: não é preciso hardware, quem faz o papel de processar os gráficos são os data centers do próprio Google.

Versões do Stadia

O Google Stadia terá três versões: o Base que será de graça, a versão Pro que será lançamento em novembro deste ano e o Founder’s Edition que já está em pré-venda.

Stadia Base

stadia-2

Foto:Google/Reprodução

O Stadia Base é gratuito e contará com resolução de até 1080p e 60 fps, além do som Stereo. Os jogadores poderão comprar qualquer jogo desejado e jogar através do Stadia.

Em contrapartida, o serviço não irá lançar games com assinatura gratuita e também não haverá descontos exclusivos para quem optar por esta versão.

Stadia Pro

stadia-11

Foto:Google/Reprodução

A versão Stadia Pro contará com assinatura mensal de US$ 9,99 que garante aos jogadores uma resolução 4K, som Surround 5.1, além de alguns jogos gratuitos no catálogo e descontos exclusivos.

Stadia Founder’s Edition

google_stadia_founders_edition

Foto:Google/Reprodução

Por fim, a versão Founder’s Edition oferecerá acesso imediato, o que significa que você poderá jogar o Google Stadia assim que ele for lançado.
O pacote virá com um Chromecast Ultra e um Stadia Controller na cor exclusiva Night Blue, além de Destiny 2: The Collection e três meses de Stadia Pro garantidos. Tudo isso por US$ 129. A versão já esta disponível em pré-venda.

O que será necessário para jogar o Stadia?

stadia_wlrEUwf

Foto:Google/Reprodução

Será necessário um display, seja uma TV, um monitor ou um dispositivo móvel; um joystick a escolha do jogador – teclado ou controle.
A ideia é que o jogador possa jogar apenas tendo acesso à internet e abrindo uma aba do Google Chrome.
Para jogar na TV, um Chromecast Ultra será necessário a princípio para reproduzir os jogos com qualidade 4K, HDR, 60fps e som Surround 5.1.
Stadia App
pixel-3a-3a-xl-1
Foto:Google/Reprodução

Para jogar em dispositivos móveis, será necessário usar o Stadia App, que será lançado para dispositivos Pixel 3 e Pixel 3a.

O aplicativo será disponibilizado posteriormente para outros aparelhos.

 

Tipos de conexão e qualidade de vídeo

D8Yg6-SXsAAof4g

Foto:Google/Reprodução

Os data centers do Google farão todo o processamento para que os jogos sejam reproduzidos com qualidade e suavidade.
Para jogar em 4K com gráficos HDR, 60 fps e som Surround 5.1, recomenda-se uma internet com velocidade mínima de 35 Mbps.
Com uma internet de 20 Mbps, o jogador já conseguirão uma qualidade de reprodução de 1080p, vídeo em HDR, 60 fps e som Surround 5.1.
Com velocidade de 10 Mbps (e upload de pelo menos 1 Mbps) consegue-se jogar em 720p e 60 fps com som Stereo.]
O Google até lançou um site para você testar sua velocidade e saber se está apto a rodar jogos via Stadia.
Saiba mais clicando aqui

Stadia Controller

stadia-controles

Foto:Google/Reprodução

Como já mencionado, o Google Stadia irá permitir ainda que os jogadores usem qualquer tipo de joystick ou teclado para jogar.
Porém, a empresa também vai lançar seu próprio periférico, o Stadia Controller, em três opções de cores: Clearly White, Just Black e Wasabi.
Vale lembrar que a versão Night Blue do Stadia Controller é exclusiva da versão Founder’s Edition do Google Stadia.

Assistente do Google

Os controles funcionarão via Wi-Fi e contarão com botões direcionais, analógicos, quatro botões de ação e um botão voltado para o assistente.
Apertando este botão, o Stadia pode ajudar os jogadores a desvendar ou passar de alguma dificuldade que esteja enfrentando no jogo.
Compartilhando momentos
stadia_cont.0
Foto:Google/Reprodução
Os joysticks também detectam por qual dispositivo o jogador está jogando e otimizam os comandos para o aparelho em especifico.
Haverá também um botão para captura e compartilhamento, que mandará os conteúdos registrados para o YouTube e para amigos.

 Data de lançamento

D8YkldvWkAAu8yF
Foto:Google/Reprodução
O Google Stadia chegará em novembro de 2019 em alguns países da América do Norte e Europa, segundo o Stadia Connect apresentado em 06 de junho de 2019.
A lista de países que receberão o Stadia é: Bélgica, Itália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, França, Dinamarca, Países Baixos, Noruega, Suécia e a Finlândia.
A data específica da chegada do serviço de jogos por streaming da Google ainda não foi anunciada, embora rumores recentes apontem para o dia 14 de novembro.

E o Brasil?

stadia-controller-info_ZmuD94h
Foto:Google/Reprodução
Em 2020 deve chegar o Stadia Base e o Stadia Pro nos demais países do mundo. É provável que o Brasil esteja nesta lista, porém, o serviço só chegará para nós nos próximos anos.
Jogos no catálogo

Também haverão alguns jogos em seu catálogo logo no lançamento, tais como Assassin’s Creed Odyssey, Doom Eternal, The Division 2 e a trilogia mais recente de Tomb Raider. 
Fonte: Portal Gato Notícias

Othon
Othon Norões

Jornalista e blogueiro
“Em cada trabalho que deve ser feito, há um elemento de diversão.”