Na época em que foi lançado, eu era apenas um garoto apaixonado por videogames com meu Master System e alguns jogos, quando percebi que na locadora onde eu alugava filmes também alugava cartuchos de video game e, para minha alegria, existiam vários títulos do console na época e que também tínhamos muito a cultura de alugar jogos no lugar de comprar, pois o valor do cartucho não cabia no orçamento. Entre vários títulos que eu nunca tinha nem ouvido falar e outros mais conhecidos de jogar ou que vi em alguma revista, um deles me chamou a atenção: Alex Kidd in Shinobi World. Na hora não entendi direito como era possível misturar Alex Kidd com Shinobi. Eu adorava Miracle World e Shinobi, ambos também do Master. Aliás, quem não adorava, né? Sei que imaginei muita coisa naqueles minutos antes de colocar o cartucho no console e sair jogando. Depois de jogar eu entendi que o jogo nada mais era do que uma paródia ao jogo Shinobi, então imaginem que eu entendi como uma grande piada. Mas de muito bom gosto, pois de cara eu achei o jogo muito bacana.

   

Alex Kidd in Shinobi World é justamente isso: uma paródia de Shinobi utilizando o mascote da SEGA na época como protagonista. As fases, os cenários, os inimigos, as armas e tudo mais foram retirados do jogo original. Inclusive muito da própria mecânica do jogo, estilo plataforma com muita ação, bem diferente de outros jogos que o Alex Kidd protagonizou.

          

O jogo possui quatro fases chamadas de rounds, que são subdivididas em três estágios cada, sendo o último a luta contra o chefe (ou líder, como queiram). Primeiramente, Alex enfrenta os inimigos na cidade, passando por um prédio em construção, para depois ficar frente a frente com Kabuto, paródia de Ken-Oh no original. No segundo round, o protagonista passa por um porto até encontrar Heli, que na verdade é um monte de mini helicópteros que lembram tanto o segundo quanto o terceiro chefes de Shinobi, respectivamente Black Turtle (um helicóptero) e Mandara (uma porção de estátuas, a referência seria a quantidade de inimigos). Já no terceiro round, primeiro Alex passa por uma cachoeira, depois por um bambuzal, até encontrar Robster, paródia de Lobster no original e que aqui é de fato uma lagosta! A última fase se passa na mansão de Hanzo, o Dark Ninja. Naturalmente, o último chefe. Ele possui ataques muito similares ao do Masked Ninja, vilão do Shinobi.

VEJA O VÍDEO:

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:

Alex Kidd in Shinobi World
Alex Kidd in Shinobi World

Cover art
Developer(s) Sega
Publisher(s) Sega
Designer(s) Yoshio Yoshida
Series Alex Kidd
Shinobi
Platform(s) Master System,Virtual Console
Release date(s) Master System

  • NA 1990
  • EU August 1990

Virtual Console

  • NA February 1, 2010
  • PAL December 11, 2009
Genre(s) Platform, hack and slash
Mode(s) Single-player

Apoio: RETROGAMER – FORTALEZA