pokemon-go-logo

Eai queridos e queridas sejam todos muito bem vindos a mais um mobilezando, cheio de alegria e aventuras, após um hiato de quase 2 meses.

É bom estar de volta. Ah Alessio mais por que você ficou sem postar a coluna? Bom eu passei por um período conturbado que me impossibilitou de escrever aqui essa humilde coluninha. Há Alessio, mas você tá bem ? Tô melhor do que nunca meu querido e minha querida, se eu for desaparecer de novo pode deixar que eu vou deixar avisado com antecedência. Tá enrolei demais bora pra delicia de hoje que eu já to devendo a muito tempo.

Jogo: Pokémon GO
Tamanho: 61 Mb
Oferecido por: Niantic
Para: Ios® e Android®

Pokémon GO era o tão prometido jogo que todos os fãs da série sempre esperaram, o player poder realizar um sonho de ser um mestre pokémon. Eu mesmo durante toda a minha infância e parte da minha adolescência queria poder ser um Ash da vida real e viver meu sonho de caçar pokémons na vida real.

 

catch-pikachu-screenshot-pokemon-go

Jogabilidade: 9,5/10

Bom a Niantic, produtora por trás do game, é uma empresa que tinha seu ponto forte jogos que envolvem realidade aumentada. Exemplo disso era seu antigo projeto chamado “Ingress”, que tinha o intuito de usar a realidade aumentada dos smartphones para causar batalha in-game usando monumentos históricos ou coisas do tipo. Bom Pokémon GO ele é uma Skin por cima do “Ingress”, com os mesmos intuitos de fazer o jogador andar para procurar pokémons ao redor do mundo. Peregrinando pela a vida em sua jornada, os pokémons selvagens aparecem em meio a selva de pedra que vivemos nas cidades. Após a aparição de um pokémon, você aponta o celular para a direção do bichano e joga uma pokébola na esperança de que ele não quebre a mesma. O jogo tem o objetivo de completar sua pokédex e ser líder do maior número de ginásios que o jogador consiga.

Desempenho: 8/10

Bom o jogo ele precisa de sinal direto com a internet e gps ligado por todo sua jornada, só aí já podemos perceber que a bateria por mais duradoura que seja, ela vai se esgotar com uma certa facilidade. Apesar de levar a bateria com uma facilidade, o jogo ele pesa bastante em certos sistemas operacionais desatualizados e pode gerar uma queda de desempenho caso queira caçar pokémons escutando uma música por exemplo. O jogo ele leva pouco de banda caso deseje usar dados móveis de sua operadora(3G ou 4G), porém o jogo não polpa memória RAM.

 

Gráficos: 10/10

Pokémon GO foi trabalhado para que cada detalhe ficasse primoroso, isso fica bem nítido com o cuidado que a empresa teve ao modelar todos os 151 primeiros pokémons da primeira geração. O sistema de criação de personagem apesar de limitado ele oferece um bom serviço de customização, fora o desenho dos itens nas loja, os desenhos remodelados das pokébolas, o sistema PVP(sigla de pvp aqui)que foi muito bem trabalhado para que pudesse ser bem usado nos ginásios e que vem ai para batalhar com qualquer pessoa. Em batalha, o desenho dos golpes dos pokémons em suas animações, sons, cores. Tudo nesse jogo é uma obra de arte.

pokemon-go-gym-fight

Avaliação Final:

Bom primeiro que voltar a escrever e já poder trazer algo sobre um jogo que eu já esperava a mais de 3 anos é algo surreal pra mim. Pokémon GO me surpreendeu pois não achei que me viciaria tanto em algo que eu já acompanhava a mais de 15 anos, como fã de carteirinha do anime, não achei que fosse consumir mais um produto da família Pokémon e fosse adorar tanto. Apesar das notícias mais insanas de gente morrendo caindo de telhados ou afins, o jogo ele realmente te tira de casa com o intuito de socializar e como eu já disse e continuo afirmando, Pokémon GO veio pra revolucionar o termo “realidade aumentada”.

link para download: http://www.pokemongo.com/

Meu nick no Pokémon GO : Ossielax

Por hoje é só, pessoal. Se me verem caçando pokémons por aí, falem comigo :D.  Muito obrigado a quem leu até aqui. Críticas, sugestões e comentários sempre são muito bem vindos. Um abraço e até a próxima semana.


 

10649904_947268718700477_5141063123742980764_nAlessio Chaves
Formando no curso integrado de informática pelo IFCE, graduado no curso “open CG” pela Gracom, secretário Geral da UCEG e host do Quebrando o Controle.
“Pode se dizer que sou levemente autista que ama games e faz deles um hobby para alegrar as pessoas.”