(Créditos na imagem)

(Créditos na imagem)

No Brasil, o segundo domingo do mês de maio, torna-se uma data especial; a qual homenageia todos que cumprem as “funções” de ser mãe. Algumas pessoas receberam amor, proteção e diversos mimos que auxiliaram em um desenvolvimento saudável por indivíduos que são suas mães ou por outros; como avós, tios, pais, irmãos que desempenham o papel materno. Esse se faz tão importante que os próprios desenvolvedores de jogos fazem questão de relembrá-lo. Como não podíamos esquecer de prestar nossa homenagem a essa figura tão importante em nossas vidas, nós preparamos uma Game Vibe especial para mamães marcantes no mundo dos videogames.

 1 . EVA (Metal Gear)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Um grandiosíssimo personagem que representa o que é ser mãe é a Big Mama, a Eva de Metal Gear. Mesmo sendo submetida a uma “experiência” que consistiu no “nascimento” de clones e tendo uma prévia vida difícil, Big Mama não se importou de os adotar, criar e os treinar, por conseguinte, mostrou o que é amar.

2. Samantha (Street Fighter)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Como não se emocionar com o reencontro da mãe do garotinho Jimmy que se transformou no Blanka? A Samantha, mãe de Blanka, foi especialista em refletir a significação, verdadeira, da aceitação das dificuldades e mudanças que os filhos passam. Mesmo Jimmy sumindo e se tornando um ser peculiar, Samantha continuou o amando e procurando por seu filho. A prova disso foi o Torneio Mundial de Lutadores, no qual Blanka estava competindo e sua mãe o reconheceu, proporcionando um belíssimo reencontro entre mãe e filho no término de Street Fighter II.  

3. Yoshi (Super Mario)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A maioria das pessoas pode estar se perguntando o motivo deste personagem estar sendo citado. A verdade é que outro símbolo de maternidade é o/a Yoshi da série de games de Mario; mesmo não possuindo o gênero definido, esse dinossauro mostra que isso pouco importa quando comparado a preocupação que teve de cuidar de Mario e buscar resgatar Luigi. Yoshi é “uma mãe” presente nas aventuras de seus filhos que demonstrou grande habilidade em protegê-los e os fazerem crescer. Aguentar os choros do Baby Mario não é tarefa para qualquer um.

4. Allie (Ni No Kuni)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Algumas mães, infelizmente, não estão mais presentes nas vidas de seus filhos fisicamente, entretanto, permanecem vívidas nas memórias desses. O game Ni No Kuni retrata o crescimento do garoto Oliver que perde sua mãe no começo do jogo, a qual mesmo com sua saúde frágil nunca deixou seu filho, amando-o e cuidando dele. Não obstante, mostra amáveis lembranças de sua mãe, que o assessoram no avanço de sua aventura, passando a bela mensagem que mães são eternas.

5. Lisa (Castlevania)

(Foto: The Videogame Gallery)

(Foto: The Videogame Gallery)

Lisa, personagem secundária de Castlevania certamente merece estar nesta lista. Ela foi a segunda esposa do conde Drácula e, portanto, mãe de Alucard. Seu bom coração a levou a criar remédios para aqueles que sofriam de uma grave doença. Por conta disso, foi perseguida por bruxaria e executada. Apesar de tudo, deixou uma mensagem a seu filho e marido: sempre os amaria e que não odiasse os humanos por sua ignorância. Mesmo em seu “leito de morte”, Lisa se preocupou com a situação de seu filho que ficaria sozinho sem ela.

6. PokeMom (Pokémon)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Toda mãe uma hora precisa deixar seu filho crescer e seguir seu caminho. Essa tarefa difícil deve ser cumprida pelas mães da série Pokémon. Entretanto, nunca abandonam seus filhos, sempre oferecendo um lugar para voltar e descansar, guardando seus itens, e te ligando para lembrar o quanto te ama.

7. Rosalina (Super Mario)

(Foto: shoguchime on DeviantArt)

(Foto: shoguchime on DeviantArt)

Mais do que um rostinho bonito, Rosalina também é uma mãezona. Ela conhece uma criaturinha chamada Luma em uma nave espacial antiga, e concorda em levá-a para encontrar sua mãe que tanto sente falta. Ao longo de sua viagem, ela encontra vários Lumas e os leva consigo. Após tanto tempo juntos, Rosalina e os Lumas se tornam uma família e ela de certa forma os adota, mesmo depois da morte de sua própria mãe. Depois disso tudo, essa princesa intergalática ainda arruma tempo para ajudar Mario e seus amigos.

8. Mãe do Ness (Mother)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A série Mother em si é uma grande homenagem às mães. Não temos como não lembrar da mãe do protagonista de Mother 2, Ness. Quando se está viajando pelo mundo lutando contra forças alienígenas ou quem sabe algo mais cotidiano, como estudar, é importante ter um lugar para voltar onde sua mãe estará esperando com sua comida favorita. Além disso, Ness sempre poderá telefonar quando se sentir com saudades de casa e ser reconfortado pela voz carinhosa de sua mãe que sempre estará esperando por ele.

9. Hinawa (Mother)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Mãe do protagonista de Mother 3, Lucas, Hinawa infelizmente não está mais presente na vida do filho. Entretanto, no início do jogo somos apresentados a uma relação repleta de amor e cuidado, de modo que, mesmo tendo passado certo tempo após perdê-la, o garoto lembra com saudade da mãe, que está de certa forma cuidando dele e do irmão mesmo até o fim do jogo. Como? Só jogando para saber.

10. Toriel (Undertale)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Toriel é o estereótipo de mãe superprotetora, e isso é evidenciado bem cedo no jogo. Sempre se preocupando com todos e buscando agradar sua criança. Ela também faz de tudo que estiver ao alcance para proteger o protagonista e guiá-lo, como qualquer mãe faria. Talvez por já ter perdido um filho anteriormente, exagere na proteção para com Frisk, mas, que mãe não deseja o melhor para seu filho(a)?

11. Annette Birkin (Resident Evil)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Mesmo em um lugar infestado por zumbis, o instinto maternal não falha. Após perder seu marido, Annette sai em busca de sua filha, Sherry, a qual está perdida. Depois de muitas adversidades, ela percebe que não poderá encontrar sua filha, mas, deixa para os sobreviventes um pedido e a maneira para salvá-la.

Menção Honrosa: Ralph (Wreck It Ralph)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Esse personagem, que vive não tão longe do mundo dos videogames, merecia ser mencionado aqui como um “Pãe”, figura que exerce o papel paterno e materno para uma criança. Talvez não esteja relacionado em sangue com Vanellope, mas, que sua relação envolve muito cuidado e crescimento conjunto não podemos negar. Parabéns para você também, Ralph!

Todas as mães citadas aqui e muitas outras do mundo real ao virtual merecem nossos aplausos. Seja em Eagleland, na Nebulosa Andrômeda ou aí mesmo na sua casa, não esqueça dessa pessoa tão importante. Acha que faltou alguma mãe memorável? Não esqueça de citá-la nos comentários abaixo.

Aproveito esse post para dar às boas vindas a nossa nova colega na UCEG, Rayanne, que participou na redação deste artigo e estará nos acompanhando nessa jornada.


Matheus Serafim
Estudante de Jogos Digitais e Gamer de coração.
“Jogos são a experiência audiovisual mais completa e interativa já criada”

 

 


18554396_1469725653097765_325659145_nRayanne Bezerra
Estudante de Jogos Digitais.
“Em cada trabalho que deve ser feito, há um elemento de diversão”