Z-VibeBatman e Superman estão entre os super-heróis mais icônicos do mundo dos quadrinhos, além de estrelarem filmes de sucesso, como Batman vs Superman: A Origem da Justiça, que estreou na quinta-feira (24) passada. Como esperado, os dois também marcaram o mundo dos videogames com diversos jogos. Por isso, a Game Vibe listou alguns dos principais games estrelados pelo Homem de Aço e o Homem Morcego.

Batman e Superman: os melhores jogos com heróis dos quadrinhos DC.

Os dois tiveram espaço desde o início dos consoles, com títulos cheios de qualidade – e também aqueles que eram verdadeiros horrores. Relembre os mais marcantes da dupla, como o péssimo Superman 64 e a aclamada série Batman Arkham.

Superman (de Atari)

superman-atari

Superman chegou ao Atari 2600 em 1978, o que marcou a chegada dos heróis da DC Comics aos consoles. Esse jogo se aproveitou da popularidade crescente do personagem, graças ao filme lançado na época. O usuário controlava Clark Kent e, ao presenciar um crime, deveria entrar na cabine telefônica para se transformar no herói. A produção era um pouco confusa, já que não ficava bem claro o que era chão e o que era cenário, mas ainda recebeu boas críticas por conseguir usar bem o poder do console.

Batman (1988)

Batmanvideogamehistory

É um jogo de videogame de ação-aventura, desenvolvido pela Ocean  Software em 1986.

O objetivo do jogo é resgatar Robin, que fora abduzido quando consertava o Batmóvel, coletando sete partes do veículo que estão espalhadas no interior da Batcaverna. O jogo possui uma perspectiva isométrica 3D, com o qual os programadores puderam desenvolver, em 1987, um outro jogo nos mesmos moldes: Head Over Heels.

Superman ArcadeSuperman_taito

É um jogo de arcade lançado pela Taito Corporation em 1988, apresentando o popular personagem da DC Comics, Superman.

O jogador controla Super-homem, que deve lutar por cinco níveis para salvar o mundo do perverso Imperador Zaas. O primeiro jogador toma o controle do Super-homem azul tradicional, enquanto o segundo jogador toma o controle de um Super-homem vermelho.

A aventura começa em Metropolis antes de ir a São Francisco, Las Vegas e Washington, D.C.. O Super-homem é capaz de dar soco, pontapé e voar. Ele também pode usar uma “Rajada de força” quando o jogador segura e então solta o botão de soco. Há também os objetos nos níveis que ele pode lançar e/ou quebrar. Alguns desses objetos lançam cristais que podem restaurar a energia do personagem, ou permitir que o jogador lance um ataque de projétil sem carregar ou derrote todos os inimigos na tela.

Batman (1989) Nes, Mega Drive

maxresdefault

É um jogo de videogame de ação-aventura, desenvolvido pela Sunsoft em 1989. É inspirado no filme de Tim Burtom. Batman conta com três tipos de armas diferentes: o Spear Gun (arma com lança), o Batarang (bumerangue) e Dirk (punhal).

The Death and Return of Superman

maxresdefault (3)

Foi um dos primeiros jogos produzidos pela Blizzard Entertaiment em sua ascensão no mundo dos games. Esse jogo foi lançado para os console Mega Drive e  Super Nintendo, contendo uma tecnologia gráfica de 16 bits. Mesmo com a capacidade que o Super NES oferecia, os gráficos e a dinâmica do jogo surpreenderam diversos fãs devido ao estilo da jogabilidade e a diversão, similar aos jogos de briga de rua, mas com diversas inovações.

Batman: Return of the Joker (Mega Drive/SNES

maxresdefault (4)

É um jogo de videogame de ação-aventura, desenvolvido pela Sunsoft em 1991 para o Nintendo 8 bits. No jogo, Coringa consegue escapar do Asilo Arkham e, através de seus capangas, instala o caos em Gotham City. Cabe a Batman detê-lo, através das sete fases do jogo.

Batman Returns

batman-returns

Baseado no filme de 1992, Batman Returns merece estar nesta lista por ter ganhado versões para basicamente todos os consoles e portáteis disponíveis na época do seu lançamento. Isso não é tão incomum, mas cada versão foi produzida por empresas diferentes – portanto, os resultados foram diversos.

Superman 64

superman-64

Considerado até hoje um dos piores jogos já lançados para consoles, Superman: The Animated Series, também conhecido como Superman 64, chegou ao Nintendo 64 em 1999. O game, baseado na série de animação da década de 90, tem gráficos estranhos, jogabilidade horrível, missões chatas e repetitivas, um sistema de colisão bizarro e uma economia no uso de poderes do Superman que vai contra o plano inicial dos produtores.

Anos após o lançamento, os envolvidos no projeto revelaram que várias alterações do game foram feitas a pedidos da Warner Bros., que exigiu que o Superman não lutasse contra pessoas reais. Isso explica o cenário na Metrópolis de realidade virtual e o pouco uso dos poderes, mas ainda não esclarece o sistema sofrível de controles.

Batman Forever

batman-forever

O Homem Morcego começou a receber jogos estranhos, baseados nos filmes – que também começaram a “perder a mão”. Batman Forever foi produzido pela Probe e lançado pela Acclaim, com a mesma engine da série Mortal Kombat. Batman e Robin combatiam os bandidos como no game de luta, mas com comandos pouco comuns em beat ‘em ups. Para ficar ainda mais próximo de MK, os gráficos foram criados com a digitalização de atores nos papéis dos heróis e bandidos. Esta não seria a única vez que heróis da DC Comics cruzariam o mesmo caminho dos lutadores de Mortal Kombat.

MK vs DC Universe

mk-vs-dc

Em um crossover que até hoje não faz muito sentido, o universo de Mortal Kombat colidiu com o da DC Comics, o que resultou no jogo de luta Mortal Kombat vs DC Universe. No PS3 e Xbox 360, Heróis e vilões dos quadrinhos entraram em combates sangrentos contra guerreiros da Terra e além. O crossover é curioso, principalmente por colocar personagens realmente violentos contra Superman, Batman e Mulher Maravilha e fazer com que muitos imaginem como seriam os fatalities dos heróis da DC Comics.

Infelizmente, os heróis ficaram apenas com golpes que finalizavam os oponentes com um pouco mais de brutalidade, mas nada próximo do esperado. Apenas o Coringa, presente no game, teve um fatality para representar o deboche e loucura perante os inimigos.

Injustice: Gods Among Us

cover106

O NetherRealm Studios, responsável pela franquia Mortal Kombat, lançou Injustice: Gods Among Us, que é considerado por muitos uma das melhores histórias alternativas com a Liga da Justiça nos últimos tempos. Em Injustice, uma tragédia faz com que o Superman se torne um tirano ditador. Por uma ruptura entre dimensões, heróis vão para essa realidade e encontram versões de si mesmos. Eles se juntam ao líder da resistência, Batman, para impedir o Homem de Aço.

Injustice: Gods Among Us é uma ótima história da Liga da Justiça – ainda ganhou uma revista que continua a trama –, e também um aperitivo para aqueles que querem ver a briga no cinema, em Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

LEGO Batman 2: DC Super Heroes

legobatman_ObskTVHP

Já existem diversos games de LEGO baseados em filmes, mas em Lego Batman 2: DC Super Heroes foi a vez de Batman, Superman e o resto da Liga da Justiça terem as versões de brinquedo no videogame. A aventura é leve e humorada, com uma centena de personagens para controlar durante a campanha. O título é garantia de diversão para fãs dos quadrinhos ou de bons jogos.

Série Batman Arkham

arkham-city

É claro que os jogos do Batman produzidos pela Rocksteady estariam aqui. Mesmo com o patinho feio da família, Batman: Arkham Origins, a história iniciada em Arkham Asylum e finalizada em Arkham Knight mostrou a melhor versão do Homem Morcego nos games até hoje. Com dublagem impecável, cenários grandiosos, jogabilidade que faz o usuário se sentir o próprio Batman e trama que não deve nada aos arcos clássicos dos quadrinhos, a série mostra como adaptar bem um super-herói para os videogames.


946445_1541516039499854_8507730074055551979_n

 Ivo Medeiros

Designer, Youtuber e Gamer